fbpx

Tipos de lareira: Um guia sobre a variedade de lareiras para você escolher

Há uma variedade enorme de tipos de lareira para escolher. A boa notícia é que elas podem ser instaladas de forma rápida e sem muito trabalho.

Quais os principais tipos de lareira?
Já faz um tempo que madeira e carvão não são mais as únicas opções para quem quer acender uma chama amiga e esquentar o cômodo.

Conheça todas os tipos:

1. Lareira à lenha:

É o tipo de lareira mais tradicional e conhecido. Ele requer mão de obra especializada para sua execução, além de ser necessária a utilização de chaminé (ou duto de exaustão) devido à queima da lenha.

Geralmente, são feitos em alvenaria, concreto ou metal.

Além do modelo mais tradicional, existem, hoje, tipos de lareiras suspensas, que deixam o ambiente com um ar mais moderno. Isso porque a lareira suspensa fica fora do chão e presa somente pela chaminé.

2. Lareira a gás:

Este é mais um tipo de lareira que não necessita de lenha para funcionar e dispensa o uso de dutos de exaustão.

Existem dois modelos para esse tipo de lareira:

a. Linear: vem com pedras vulcânicas colocadas sobre os
queimadores.

b. Lenhas de cerâmica refratária: possuem um ótimo rendimento
térmico.

Saiba mais sobre Duto de Exaustão!

 

3. Lareira elétrica:

É um tipo de lareira muito similar a um aquecedor, com um diferencial: reproduz em 3D a imagem das labaredas, proporcionando um conforto visual semelhante ao do fogo.

É de fácil acionamento. Para ligar esse modelo, basta acionar um botão no controle remoto sem nem sair do sofá.

A lareira elétrica não requer limpeza interna, e o brilho das chamas também pode ser controlado pelo controle remoto.

4. Lareira ecológica:

É o tipo de lareira que usa álcool e dispensa o uso da lenha. Por isso, não necessita de obra e chaminé.

Práticas, modernas e sustentáveis, as lareiras a álcool são de fácil instalação. Basta encaixar o queimador de inox em uma base de alvenaria revestida ou em algum móvel, desde que o revestimento seja resistente ao calor.

Esses tipos de lareira podem ser, inclusive, transportáveis e colocados em diversos lugares.

É o modelo mais versátil por ter uma boa potência de geração de calor, o que o torna ideal para todos os ambientes. Seu acendimento é rápido e prático e não gera nenhuma sujeira.

Vantagens e Desvantagens dos tipos de lareira:

Para escolher o tipo de lareira ideal, você precisa conhecer suas vantagens e desvantagens:

1. Lareiras à lenha:

a. Vantagens:

  • Oferecem prazer com o crepitar do fogo; – São agradáveis de se ver e ouvir; – Se tornam o ponto de destaque do ambiente.

b. Desvantagens:

  • A própria lenha, pois não é tão amigável para o meio ambiente porque consome madeira e produz monóxido de carbono monóxido de carbono na queima. Sua queima gera fuligem e bastante fumaça, o que faz necessário o uso de chaminés. – Trabalho pesado de compra, armazenamento, manuseamento e limpeza de lenha e cinzas que resultam da sua utilização.

2. Lareiras a gás:

a. Vantagens:

  • Seu acionamento, que se dá apenas com a simples ativação de um botão. – Solução saudável e limpa, uma vez que não há emissão de fuligem e fumaça que se formam na queima da lenha.

b. Desvantagens:

  • Fogo estático;
  • A necessidade um local para duto de exaustão;
  • Fonte de abastecimento: em caso de falta do gás, a lareira fica inutilizável.

3. Lareiras ecológicas:

a. Vantagens:

  • São o melhor modelo para quem não quer perder o conforto que o fogo de verdade traz, mas também não abre mão da praticidade;
  • Produzem menos dióxido de carbono e mais H2O (água) do que as demais opções;
  • Gasto de energia: esse tipo de lareira utiliza álcool e independe da eletricidade.
  • Não requerem qualquer tipo de instalação especial;
  • Não precisam de uma chaminé;
  • Possuem alto poder de calor, o que faz com que seja normalmente mais econômica do que as demais.

b. Desvantagens:

  • Não possuem um abastecimento contínuo, como a lareira a gás,
    por exemplo.

4. Lareiras elétricas:

a. Vantagens:

  • Praticidade: não exigem limpeza, e seu comando pode ser feito através do controle remoto.

b. Desvantagens:

  • O fogo é artificial, ou seja, o que aquece é o aparelho;
  • Consumo de energia: quanto maior a potência, maior será seu consumo.

O que levar em consideração para escolher os tipos de lareira
ideais?

A escolha dos tipos de lareira deve ser pensada levando em conta um conjunto de características:

  • O local que vai receber a lareira: por exemplo, em um apartamento, se não houver um local para duto de exaustão, o modelo mais indicado é a lareira ecológica. Para a instalação da lareira a gás, há necessidade de se fazer uma reforma para passagem de tubulação.
  • Para a lareira à lenha, é necessário o uso de chaminé.
  • Potência;
  • Custo aquisição;
  • Rendimento térmico;
  • Custo instalação;
  • Custo manutenção;

Onde usar?

Podem ser usadas em todos os lugares o que conta é o gosto pessoal e se o espaço suporta os itens necessários para os tipos de lareiras que requerem instalação.

Tenha em mente o local onde a lareira será instalada na hora de escolher o tipo! Na dúvida entre em contato com um arquiteto ou um decorador de interiores. Esses profissionais poderão te ajudar a escolher a melhor lareira para o seu espaço.

Lareira à Lenha:

  • Ambientes maiores;
  • Salas de estar;
  • Salas de TV;
  • De convivências diversas;
  • Dividindo ambientes.

Lareira à Gás:

  • Ambientes que tenham tubulação a gás
  • Em salas de estar, jantar, áreas externas, sacadas, entre outros…

Lareira Ecológica:

  • Ambientes de diversos tamanhos;
  • Ambientes pequenos também são privilegiados:
  1. banheiros
  2. áreas de jardim, jardim de inverno…
  3. aala de tv;
  4. sala de estar;
  5. sacadas;
  6. escritórios
  7. home office
  • Pode ser portátil, no centro de ambientes, sobre mesas ou fixas em nichos.

Lareira Elétrica:

Ambientes que disponibilizam energia elétrica. A lareira elétrica normalmente fica próxima a um ponto de energia elétrica.

Como deve ser feita a instalação?

Alguns tipos de lareiras requerem instalação outros mais modernos, não. Fique atento as dicas de segurança e quando necessário peça ajuda de um profissional.

Lareira à Lenha

A instalação da lareira à lenha exige um maior planejamento, pois
precisam de chaminés ou dutos de saída de fumaça.

Os dutos precisam ser bem dimensionados e projetados para a fumaça
não retornar ao ambiente.

Lareira a Gás

Para instalar uma lareira a gás, é preciso que ela tenha ligação com a
tubulação de gás (encanado ou botijão) e uma fonte de energia elétrica
para o acendimento, como se fosse um fogão.

Sistemas de segurança para lareira a gás:

Fique atento se a lareira que você comprou possui sistemas de
segurança regulamentados pela ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas), para evitar acidentes.

Certifique-se de que ela possui uma válvula que corta o fornecimento de gás, caso a chama apague, evitando que o gás se espalhe pelo ambiente.

Veja, ainda, se o produto possui um sistema que mede a quantidade de gás carbônico no ambiente e desliga automaticamente quando a quantidade desse gás for considerada imprópria para a respiração.

Para instalar uma lareira do modelo linear, é necessário fazer uma caixa de concreto ou alvenaria para acomodar os queimadores.

Lareira Ecológica

Práticas, modernas e sustentáveis, as lareiras a álcool não requerem grandes modificações na infraestrutura onde serão instaladas.

São de fácil instalação, basta encaixar a caixa de inox em uma base de alvenaria revestida ou em algum móvel, desde que o revestimento seja resistente ao calor. Pode ser, inclusive, portátil e colocada em diversos ambientes internos e externos.

Lareira Elétrica

As lareiras elétricas podem ser encaixadas em um móvel de madeira ou de metal, em um nicho de alvenaria, gesso ou em qualquer outro projeto desejado, inclusive como se fosse um quadro na parede.

Será necessária apenas uma tomada exclusiva e dimensionada e também de fácil acesso para que possa ser plugada e desplugada facilmente.

Caso prefira, elas podem ser instaladas em móveis com rodízios para facilitar o deslocamento. Apenas a lareira elétrica pode ser embutida em móveis de madeira ou gesso. Em alguns casos, necessita de dutos de ventilação e ponto de energia.

Sistemas de segurança:

Existem medidas mínimas de segurança a serem aplicadas. Por isso, analise o manual de instalação do produto, inclusive para saber qual o tipo de instalação a ser realizada.

Mas lembre-se sempre: para garantir a compra ou construção de um produto de qualidade, é importante ficar atento aos mecanismos de segurança oferecidos pelo fornecedor e o prazo de garantia da lareira.

Revestimentos dos tipos de lareira

A lareira tem duas funções básicas: aquecer ambientes e trazer um toque decorativo. Por isso a seleção dos revestimentos para os tipos de lareiras é uma das etapas que mais traz dúvidas. Preparamos uma lista para lhe ajudar caso ainda tenha dúvidas o mais indicado é contratar um arquiteto ou designer de interiores.

Lareira à Lenha

  • Nas lareiras à lenha, um dos revestimentos mais utilizados é a alvenaria com pedra.
  • Alvenaria com porcelanato;
  • Chapa metálica;
  • Lareiras à Gás e ecológicas;
  • Alvenaria com pedra;

Lareiras à Gás e ecológicas

– Alvenaria com pedra;
– Alvenaria com porcelanato;
– Madeira;
– Madeira rústica;
– Pedras Naturais;
– Metal

Lareira Elétrica

  • Normalmente vem pronta em chapa metálica e vidro.
  • Alvenaria com porcelanato;
  • Madeira;
  • Madeira rústica;
  • Pedras Naturais;
  • Metal;

Entenda o custo x benefício dos tipos de lareira

Para facilitar, montamos uma lista resumindo as principais vantagens e desvantagens de cada tipo de lareira para você avaliar o custo-benefício de cada uma:

Lareira à Lenha:

  • Precisa de instalação;
  • Necessita de acesso à saída externa de duto.

Lareira à Gás:

  • Custo de instalação da tubulação a gás.

Lareira Ecológica:

  • Relação custo benefício é excelente, principalmente as portáteis;
  • Não requer instalação especial e praticamente não tem manutenção.

Lareira Elétrica:

  • Mais estético do que funcional;
  • Alto consumo de energia elétrica.

Agora você já sabe todas as informações e cuidados necessários para se ter uma lareira!

Gostou das nossas dicas? Então, aproveite que o inverno já chegou e deixe seu ambiente ainda mais bonito e aconchegante com uma lareira quentinha e charmosa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fale comigo no Whatsapp